Arquivo | novembro, 2008

News

30 nov

Fim de semana improdutivo. A sorte de hoje do orkut dizia “aprenda algo hoje”… ¬¬

Deveria estar estudando. Deveria ter estudado sexta e sábado… Mas não… a inércia, a preguiça, o sedentarismo prevalecem.

Já me ferrei nas provas de sexta… lá vou eu pegar provas finais… pq amanha não vai ser muito diferente nao.

 

No mais… descobri que meu namorado quer ter filhos!… Não agora, pelamordedeus! Futuramente, num futuro não tão distante como eu gostaria. De qualquer forma eu acho muito maduro a forma como ele trata o assunto… respeita o meu ponto de vista (ou seja, filhos? só daqui 1 milhao de anos!) e não age como se uma criança fosse um boneco, como a maioria das pessoas (homens e mulheres).

Tenho me surpreendido positivamente com ele. O que é muito difícil quando se trata de homens. Meu ex é um ótimo exemplar da espécie.

É uma pena que a distância seja um ponto tão presente no nosso namoro. Mas ele tem me mostrado valer muito a pena. Espero que nao esteja enganada.

 

 

Minha irmã tá muito bem. Teve uma alergia terrível por conta de um vírus, mas agora já está ótima. 🙂

 

Tirando minhas notas na faculdade, as coisas têm andado certas por aqui.

Anúncios
27 nov
"All my little plans and schemes,
Lost like some forgotten dreams,
Seems that all I really was doing
Was waiting for for you.

Just like little girls and boys
Playing with their little toys
Seems like all they really were doing
Was waiting for love

Don't need to be alone
No need to be alone
It's real love
Yes, it's real love
Oh, it's real love
Yes it's real love

From this moment on I know
Exactly where my life will go
Seems that all I really was doing
Was waiting for love

Don't need to be afraid
No need to be afraid
It's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love

Thought I'd been in love before
But in my heart I wanted more
Seems like all I really was doing
Was waiting for you

Don't need to be alone
No need to be alone
It's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love
Oh it's real love
Yes it's real love"
Regina Spektor - Real Love

Boas

24 nov

Primeiro preciso contar que, graças a Deus, minha irmã não tem hipertireoidismo. Ela foi no médico quinta passada e ele disse que o outro exame (que deu positivo pra doença) pode ter dado tal resultado por motivos emocionais. Muito felizes aqui em casa! Muito muito muito mesmo! 🙂

Então que sexta o boyfriend não veio mesmo… maaasss… meu pai, meu anjinho na Terra, me deu a viagem e eu voltei hoje (agorinha mesmo!). Passei o fim de semana todo agarrada nele… bom demais! E ainda vou lá dia 12! Ou seja, daqui 3 semaninhas (pensamento positivo, dá licença?) a gente tá junto de novo!

*êêêê*

top 5

19 nov

1. Minha irmã já está bem melhor, graças a Deus. Não está 100% ainda… mas isso deve demorar um pouco mesmo. Mas o mais importante é que ela está se recuperando bem e já volta pra escola amanhã. \o/

2. Namorado não vem mais. Não vai poder matar o trabalho na sexta… então deixamos pro fim de semana que vem *figass*. Morreeendo de saudade dele… mas, fazer o que ne?, namorar à distância tem dessas coisas mesmo e já sabia bem disso quando entrei nessa ne?? Então só posso reclamar um pouquiiiinho de nada… 😦 (“tiquim” de nada?)

3. Mamãe fez aniversário ontem! 41 aninhos! Amo. Amo. AMO. Muita saudade dela tbem. Vontade de apertar, abraçar, beijar… saudade!

4. Viagem já marcada: saio daqui na sexta dia 12/12 às 18:45hs e chego em BH às 23:45hs.  Volto dia 15/12 (segunda) às 06:30hs e chego às 11:15hs. Meio corrido, mas vai valer a pena. Ver mamãe E namorado. Tudo de bom.

5. Primeiro historinha do estágio: essa aconteceu segunda agora. O procurador é um chato… NINGUEM, absolutamente ninguem naquela procuradoria gosta dele, sentimento esse totalmente recíproco, diga-se de passagem. Então, o chato me mandou tirar xerox de um processo. Tipo assim, só umas 150 páginas… Já não tava gostando mto da idéia, mas, já diz o ditado, “manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Obedeci. No meio do caminho ele me aparece com outro, ainda maior, pra tirar xerox tbem. Já tava ali há quase 1h, imaginando que ia passar o resto do dia em pé, quando um estagiário da administração chegou pra mim: “pq vc nao pede pra ‘fulana’ fazer isso?”… e eu com cara de novata*: “quem é fulana?” “é a estagiária que tira xerox.” Pois é. O cara tava tão a fim de se livrar de mim que me mandou fazer uma coisa totalmente desnecessária que outra pessoa é paga pra fazer. E isso é direto viu?? Ele ta sempre me arrumando coisas inúteis pra eu fazer ao invés de me ensinar alguma coisa que preste. Mas eu sou brasileira… no caso do xerox procurei a tal ‘fulana’ e entreguei o serviço dela (muitíssimo simpática por sinal!). Como diria Zagallo, ele vai ter que me engolir. Humpf!

 

*cara de novata = ?

Top

17 nov

O pior fim de semana da minha vida. Com toda a certeza do mundo. Nunca nenhum vai ganhar desse. Tá eleito. Pronto.

tempestade

12 nov

É estranho ter e não ter ao mesmo tempo. A gente tá junto há quase 2 meses… e, parece que nem estamos. Parece que é só um conhecido… às vezes não tenho certeza do quanto gosto dele. Não me sinto confortável pra ligar quando eu quero, não me sinto próxima o suficiente pra desabafar… falar de coisas importantes… enfim…

Ao mesmo tempo em que me sinto confortável com ele, me sinto segura, não consigo dizer que confio.

São sentimentos estranhos pra mim, afinal, depois de 5 anos namorando, “namorado” virou sinônimo de cumplicidade pra mim. Natural, simples assim.

Eu sei que não é bem assim que as coisas acontecem… certas coisas demoram um tempo pra acontecer… mas não consigo deixar de pensar que, se estivéssemos próximos com mais freqüencia, essas coisas aconteceriam mais rápido. E é aí que aparece a dúvida: será que vai acontecer algum dia? Será que isso tudo tem algum futuro pela frente ou é só mais uma das minhas cabeçadas? …

Na maior parte dos últimos tempos, semanas, eu tenho me sentido feliz. Satisfeita. Sei lá… parece que, de repente, eu fiquei letárgica… drogada com algum desse hormônios idiotas que estão sempre aparecendo (mês em mês), e parei de sentir o mundo á minha volta.

Novidade: voltei. O mundo voltou a cair na minha cabeça… ou eu caí na realidade (escolha seu ponto de vista), a questão é que agora eu precisava tanto poder tê-lo. Ou saber que posso tê-lo. E eu não sei. E isso faz tudo o mais doer mais, porque eu não tenho pra quem voltar, pra quem olhar pra fugir, 2 segundos que sejam, de tudo! Talvez tenha… mas não sei.

Minha irmâ está com hipertireoidismo. Cara, só o nome disso já dá medo. Mas… no meio de tanta letargia (?) eu não parei pra pensar. Os efeitos colaterais do remédio começaram a dar as caras. Mas, até hoje, eu não tinha percebido. Sou uma péssima irmã mais velha. Péssima. Mas hoje meu pai viajou e eu tô tomando conta dela (tá dormindo agora – 20hs50)… e tô vendo o que isso tudo tá fazendo com a minha irmã. Minha irmâzinha. A mais chata de todas… a minha querida. E eu procurei na internet, pela primeira vez, sobre essa doença. E agora eu tô com medo. Muito medo.

Há uns tempos atrás a calmaria na minha vida tava tão grande que eu cheguei a postar que era melhor eu aproveitar enquanto durasse, pois possivelmente era um sinal de “tempestade à frente”. Só que eu tava pensando que ela vinha de outro lado. Não contava com isso…

Tô aqui chorando que nem uma idiota. Mas eu já contei que eu sou medrosa, ne? Do tipo medrosa boba. Então… essa sou eu. Chorona, dramática.

Não gosto de falar de coisas tristes… ou de escrever (publicamente) quando eu estou triste. Não quero passar esse tipo de sentimento pra ninguém. Acontece que hoje eu precisava desabafar, muito. Muito mesmo. Então só sobrou aqui.

Pelo menos sobrou alguma coisa neh? 🙂

*té*

Quebrada… mas feliz!

10 nov

Ontem passei o dia com mais duas amigas torrando no sol. Literalmente. Não encostem em mim, por favor. Tudo ardendo…

Fui dormir já era mais de meia noite, por conta do namorado. Incapaz de ligar mais cedo pra donzela aqui. E a donzela incapaz de desligar o telefone antes de, pelo menos, 2hs…

Pois é… então hoje eu acordei às 6hs da matina, rumo à faculdade. Assisti 4 aulas em estado de sonambulismo.

Fui trabalhar (ê!! primeiro dia!) às 13hs… saí às 17hs12.

Acabei de terminar um trabalho pra amanhã.

Tenho que estudar pro concurso. Como? Também não sei. MUITO cansada. E, o pior é que eu sei que vai piorar daqui pra frente.

Ainda assim, tô feliz.

Sabe o que eu descobri??? Que aquilo tudo que eu tô aprendendo na faculdade EXISTE mesmoo!! rsrsrs… E que as pessoas usam isso na vida real. EU VI! Juro! 🙂

 

Feliz.